Está procurando alguma editora ou artista em específico? Digita o nome na caixa de busca!

R$50,00

Descrição

Maria Bonita: entre o punhal e o afeto (Nadja Claudino)

Editora: Arribaçã
Acabamento: capa cartonada com orelha
Cor do miolo: preto
Formato: 14 x 21 cm
Páginas: 252
Edição:
Ano: 2020
Idioma: Português
País de Origem: Brasil
Classificação: não disponível
Categorias: história

Fruto de sua dissertação de mestrado em História na UFPB, o livro de Nadja Claudino intenciona trazer novas luzes sobre história de Maria Bonita, personagem que até hoje intriga historiadores, pesquisadores, jornalistas e o público em geral. Dividida em quatro capítulos, a obra fala dos discursos, histórias e movimentos em torno do cangaço, narrativas sobre Maria Bonita e o desenlace trágico com o massacre de Angicos. A capa é de Leonardo Guedes.

Contracapa:

"O livro faz-nos embrenhar pelos sertões do Brasil a partir de cordéis, de notícias de jornais, de memórias e imagens, além da própria magia escriturística de uma historiadora mergulhada na literatura. Dona de uma escrita poética, a partir das lentes de gênero, e de uma rica pesquisa documental, a autora problematiza o lugar de produção da história das mulheres  ao mesmo tempo em que (re)desenha rostos, rastros e marcas não só de Maria Bonita, mas de tantas outras mulheres sertanejas e cangaceiras. Nadja Claudino sabe o que está falando e apresenta para nós um pouco do seu olhar - crítico, sensível e certeiro - para o Cangaço e a própria História."
Dayane Sobreira (Doutoranda em Estudos Interdisciplinares sobre Mulheres, Gênero e Feminismo na UFBA)