Está procurando alguma editora ou artista em específico? Digita o nome na caixa de busca!

R$69,90

Descrição

A guerra do deserto (Enrique Breccia)

Editora: Veneta
Acabamento: capa dura
Cor do miolo: preto
Formato: 21.5 × 28.5 cm
Páginas: 56
Edição:
Ano: 2021
Idioma: Português
Classificação: não disponível
Categorias: quadrinhos

Este livro representa um dos pontos culminantes do quadrinho argentino. A guerra do deserto, de Enrique Breccia, reúne narrativas sobre um momento definidor da alma de seu país. O momento em que surge Martín Fierro, o herói nacional, e acontece a guerra de extermínio contra a população indígena que fez da Argentina um país “branco”.

Criado durante os tumultuosos anos 1970, que desembocaram em uma das mais ferozes ditaduras do nosso continente, o livro é um mergulho na Argentina do século XIX, quando o governo empreendeu uma cruzada contra populações indígenas a fim de liberar terras para o pasto – a exportação de carne já se tornava uma importante atividade econômica no país. Publicadas originalmente na revista de quadrinhos italiana Linus, as histórias reunidas neste livro abordam os embates entre gaúchos e indígenas na disputa pelos pampas argentinos, mas retratam também dramas humanos no México de Emiliano Zapata, no início do século 20, e a luta do povo argelino contra a colonização francesa, nos anos 1950. Momentos de luta contra a opressão e o colonialismo. Então aqui, a negritude do nanquim vem como um grito ou um soco, e o branco é de machucar os olhos.

Sobre o autor:

Nascido em Buenos Aires, em 1945, Enrique Breccia começou sua carreira nos quadrinhos em 1960. Colaborou com seu pai, o quadrinista Alberto Breccia, e Hector Oesterheld, em Che – os últimos dias de um herói nacional, biografia em quadrinhos do revolucionário argentino. É autor, com Carlos Trillo, da série Alvar Mayor e Publicou histórias nas revistas Linus, italiana, e Fierro, argentina, além de ter trabalhado para Marvel e DC Comics. Atualmente vive na Itália.