Está procurando alguma editora ou artista em específico? Digita o nome na caixa de busca!

R$12,00

Descrição

Revista José Lins do Rego (organizado por Naná Garcez de Castro Dória)

Editora: A União
Acabamento: capa em papel kraft
Cor do miolo: colorido
Formato: 21 x 30 cm
Páginas: 96
Edição:
Ano: 2021
Idioma: Português
Classificação: não disponível
Categorias: não ficção

Ao instituir 2021 como o Ano Cultural José Lins do Rego, para celebrar os 120 anos de seu nascimento, o intuito foi de evidenciar o valor histórico e cultural de sua obra na literatura brasileira, sendo marcante no Modernismo literário nacional.

Com 22 livros publicados entre 1932 e 1957, o pilarense José Lins do Rego sempre teve a Paraíba e o Nordeste como fontes de inspiração nos romances, contos, poesias e na literatura infantil. Enfim, não se restringiu a um estilo ou gênero. A sua atuação na imprensa foi permanente, ora como articulista, outras vezes como crítico literário, escrevendo em jornais de Paraíba, Pernambuco, Alagoas e Rio de Janeiro. Admirador de Machado de Assis, ele criou o semanário Dom Casmurro, em 1922.

Especificamente com A União, ele contribuiu entre 1940 e 1957, aliás, visitava a redação do jornal oficial quando estava na capital paraibana e certa vez, em entrevista ao então diretor de redação, Juarez da Gama Batista, enfatizou que as vindas à Paraíba e ao Nordeste constituíam "numa revitalização, num contato com as nascentes e que conservava como algo positivo na sua própria natureza e que tudo mais era secundário e acidental".

Seus romances não se restringiram ao cenário das várzeas verdes de cana-de-açúcar, mas  incluíram espaços urbanos, município praieiro de Alagoas, as circunstâncias da seca, do cangaço, assim como os negócios do futebol, em Água-Mãe, e sobre a própria Presença do Nordeste na Literatura Brasileira.

João Azevêdo Lins Filho (Governador da Paraíba)